domingo, julho 19, 2015

Pescarias



Esse é o maior peixe pescado por ele e será doado para evento.
Usando uma isca de pão de queijo, o pescador James Antônio de Souza, que mora em Alta Floresta a 800 km de Cuiabá, conseguiu pegar o maior peixe da vida dele. O peixe fisgado Com pão de queijo, pescador fisga peixão de mais de 39 kg no Estado do Mato Grosso (Brasil).
James teve de pedir ajuda para amigo ajudá-lo a retirar peixe da água.
por ele no Rio Teles Pires, tem 39 kg. O pescador bateu o recorde anterior, que era um tambaqui de 38 kg, pego no ano passado no mesmo rio. O pão de queijo, segundo ele, é a isca preferida dessa espécie de peixe.

Ele estava sozinho no pesqueiro quando sentiu a fisgada, mas não conseguiu conseguiu concluir a pescaria sozinho. Precisou da ajuda de um amigo para retirar o peixe do rio. "Gritei para que ele viesse me ajudar. Demoramos mais de uma hora para tirá-lo da água", contou. O mega peixe fez sucesso entre os amigos e a família.
O pescador irá doar o tambaqui para um evento programado para o mês que vem com o intuito de arrecadar dinheiro para ajudar os atletas de Taekwondo de Alta Floresta, que devem participar do campeonato brasileiro de Taekwondo. "Resolvi pescar uns peixes para doar para peixada, mas não imaginava que pudesse capturar um gigante de escama novamente", contou.

Ele disse que o interessante seria devolver o animal para a natureza, mas que achou interessante poder contribuir de maneira significativa com o evento. "O próximo irei devolver para o rio", frisou.
Para o biólogo Francisco Machado, tal fenômeno não é uma grande surpresa, mas o grande número de pescadores, tanto profissional como amador, tem impedido que os peixes cheguem ao tamanho desse pego por James Antônio.
 In G1
 Fotos: Arquivo pessoal James Antônio de Souza

sábado, julho 18, 2015

Produção local

MENU QUILÓMETRO ZERO

Oito restaurantes do concelho de Montemor-o-Novo uniram-se na oferta de um menu quilómetro zero, destinado a promover a produção local e reduzir a pegada ecológica. Pratos e bebidas têm origem em produtores do concelho.

Posted by SIC Évora on Sábado, 13 de junho de 2015

Vinícolas Portuguesas

Empresa portuguesa eleita a melhor produtora de vinhos do mundo
A empresa portuguesa Sogrape Vinhos foi eleita a melhor produtora vitivinícola a nível mundial de 2015 pela Associação Mundial de Críticos e Jornalistas de Vinhos e Bebidas Espirituosas.
A associação escolhe todos os anos as 100 melhores produtoras de vinhos a nível mundial, baseando-se em critérios de análise muito rigorosos, nomeadamente a avaliação dos prémios conquistados por cada produtor num conjunto selecionado de concursos internacionais realizados ao longo do ano, informa, em comunicado, a Sogrape.
"A participação da Sogrape Vinhos em 10 dos 75 concursos avaliados resultou em 131 prémios, num total de mais de 3.000 pontos calculados de acordo com a importância das medalhas em causa e conferindo-lhe assim um destacado primeiro lugar nesta importante lista", acrescenta.
Depois da quarta posição alcançada em 2014, a Sogrape Vinhos surge este ano no primeiro lugar do pódio, à frente da empresa norte-americana Ernest and Julio Gallo Family (2.º) e da francesa Vranken Pommery Monopole Heidsieck (3.º).
 "É com grande satisfação e orgulho que recebemos esta distinção, que mostra o reconhecimento internacional pelo caminho que temos prosseguido nos últimos anos para ser uma referência ibérica de vinhos de qualidade", disse o presidente da empresa, Fernando da Cunha Guedes,
Detentora de marcas como Mateus Rosé, Gazela, Sandeman e Casa Ferreirinha, a Sogrape Vinhos também produz vinhos na Argentina, Chile, Espanha e Nova Zelândia, está presente nas principais regiões vitivinícolas portuguesas e exporta para mais de 120 mercados.
Portugal tem mais cinco empresas na lista dos 100 melhores produtores de vinhos de 2015: a Symington Family Estates (14º), a Casa Ermelinda Freitas (22.º), a Casa Santos Lima (57.º), a Adega Cooperativa de Cantanhede (89.º) e a Companhia das Quintas (99.º).
Lusa/SOL

terça-feira, julho 14, 2015

Enciclopédia Indígena



Riqueza inestimável: indígenas brasileiros criam sua 1ª enciclopédia medicinal


Muitas tribos indígenas estão em processo de extinção e, consequentemente, muitas das tradições destes povos transmitidas de geração em geração estão a perder-se.

A saúde dos povos amazônicos sempre dependeu da sabedoria dos mais velhos. Transmitida ao longo dos séculos, o conhecimento de plantas e técnicas de tratamento medicinais que foram acumulados são um produto de seus laços espirituais e físicos profundas com o mundo natural.
O povo Matsés, uma tribo da Amazônia brasileira e peruana, criou a Enciclopédia de Medicina Tradicional , um volume de 500 páginas onde cinco xamãs (sacerdotes tradicionais do xamanismo com a capacidade de curar) transmitem o seu conhecimento medicinal. Os Matsés vivem em um dos ecossistemas de maior biodiversidade do mundo e dominam o conhecimento de suas propriedades curativas.
foto2acate

A enciclopédia foi elaborada em parceria com o grupo de conservação Acaté e poderá vir a servir de modelo para as outras culturas indígenas protegerem e não perderem os seus conhecimentos ancestrais.
foto3acate

Escrita exclusivamente na língua dos Matsés, é uma verdadeira enciclopédia xamânica, totalmente escrita e editada por xamãs indígenas. O texto “marca a primeira vez que xamãs de uma tribo da Amazônia criaram uma transcrição total e completa de seu conhecimento medicinal, escrito em sua própria língua e com suas palavras” disse Christopher Herndon, presidente e co-fundador da Acaté, em uma entrevista para o Mongabay.
É difícil exagerar o quão rapidamente esse conhecimento pode ser perdido após uma tribo fazer contato com o mundo exterior. Uma vez extinto, esse conhecimento, juntamente com a auto-suficiência da tribo, nunca pode ser totalmente recuperado“, explica um artigo publicado no portal da organização Acaté.
Jovens xamãs e a nova enciclopédia (Imagem: infoamazonia)

Cada capítulo da Enciclopédia de Medicina Tradicional foi escrito por um xamã mais velho de renome escolhido pela comunidade. Cada pessoa idosa trabalhou em conjunto com um Matsés mais jovem, que transcreveu o conhecimento e fotografou cada planta. Os capítulos são classificados pelo nome da doença e incluem a explicação do seu processo de identificação, a sua causa, o nome das plantas a utilizar e a receita para a preparação do medicamento, entre outras opções terapêuticas.
foto4acate

Mas com a catalogação dos conhecimentos dos xamãs quase na sua íntegra, surge um outro problema: como evitar que o material seja alvo de biopirataria?
A enciclopédia será impressa para o Matsés, sob a sua direção, e o conteúdo não será publicado ou divulgado fora de suas comunidades. Além disso, nomes científicos e características facilmente identificáveis foram deixados de fora, para dificultar o acesso de forasteiros aos conhecimentos tradicionais, evitando que o material seja copiado e utilizado para fins comerciais, servindo apenas de manual para formação de jovens xamãs.
foto5acate
In Conexão Lusófona -  http://www.conexaolusofona.org

segunda-feira, julho 13, 2015

quarta-feira, julho 08, 2015

Tradições africanas

LES FUNÉRAILLES AU GHANA

LES FUNÉRAILLES AU GHANA

Posted by spotboxlive.com on Sábado, 4 de julho de 2015

segunda-feira, julho 06, 2015

Sem surpresas

Foto de Cláudio Francisco Portalegre Trindade.Não posso afirmar que tenha sido uma surpresa para mim a demissão do Ministro das Finanças grego Yanis Varoufakis.
Se o "sim" tivesse ganho, ele se demitiria e isso ele afirmou com antecedência --- aqui ele deu força ao voto no "não".
Como venceu o "não" e ele se demitiu da mesma forma, a única surpresa foi ele nunca ter admitido isso neste caso, se bem que jamais lhe perguntaram algo a respeito --- foi uma maneira de não bagunçar o referendo.
Resumindo, Varoufakis não era simpático nos meandros do eurogrupo e, assim, jamais poderia negociar pacote de antes ou de depois. Se não houver aprovação de pacote, agora, talvez ele volte para tentar normalizar as coisas na Grécia fora do euro. É a minha opinião.

domingo, julho 05, 2015

Solidariedade


Sátiro

Os Sátiros são seres mitológicos masculinos da Grécia Antiga. Possuíam corpo de carneiro,cabeça de homem, orelhas pontudas, cabelos compridos e nariz achatado. De acordo com a mitologia grega, os sátiros acompanhavam o semideus Pan (protetor dos pastores) e o deus Dionísio (do vinho e das festas), vagando pelas montanhas e bosques da Grécia.
Nos mitos gregos tinham a características de apresentarem grande potência sexual. Logo, eram retratados, pelos pintores gregos, apresentando ereção.

E foi assim que o Sátiro grego pegou a Europa no referendo de hoje...


Eusébio, um Heroi!





Cortejo do traslado dos restos mortais de Eusébio para o Panteão Nacional

sexta-feira, julho 03, 2015

Calçada portuguesa

O rosto de Amália Rodrigues está gravado na rua de São Tomé, em Lisboa. A peça, denominada “Calçada”, foi inaugurada ontem, dia 2 de julho, pelo presidente da autarquia Fernando Medina, e Celeste Rodrigues, irmã de Amália.Idealizada pelo realizador de cinema Rúben Alves e concebida em calçada portuguesa, numa parceria entre Vhils e a Escola de Calceteiros da Câmara Municipal de Lisboa.

Posted by Câmara Municipal de Lisboa - Página Oficial on Sexta, 3 de julho de 2015

sábado, junho 20, 2015

Peixe grande

Que dia bonito. O que não falta hoje é notícia sobre o desespero de Lula com o avanço da Operação Lava Jato.
Quer dizer: do Brahma, como o lobista número 1 do Brasil é chamado pelos empreiteiros presos em mensagens interceptadas pela Polícia Federal.
A coluna Radar, de VEJA.com, informa:
“Possesso e tenso na sexta-feira, 19, logo após a prisão dos dois maiores empreiteiros do Brasil, Lula espumava de raiva.
Aos interlocutores, culpou o governo Dilma, qualificado de ‘frouxo’ por ter deixado a situação ter chegado a esse ponto.”
Em outras palavras: Lula culpa Dilma por não ter conseguido boicotar as investigações.
A Folha acrescenta:
“O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse a aliados que a prisão dos presidentes da Odebrecht e da Andrade Guiterrez é uma demonstração de que ele será o próximo alvo da operação Lava Jato. Lula também reclamou nesta sexta-feira do que chamou de inércia da presidente Dilma Rousseff para contenção dos danos causados pela investigação.
Nas conversas, ele se mostra preocupado pelo fato de não ter foro privilegiado, podendo ser chamado a depor a qualquer momento”.
Na verdade, podendo ser “preso” a qualquer momento, mas a Folha dá uma colher de chá ao petista.
Já O Globo revela frases do próprio Lula em seu Instituto, ditas antes da prisão de Marcelo Odebrecht e Otávio Marques:
“Dilma está no volume morto, o PT está abaixo do volume morto, e eu estou no volume morto”.
“Acabamos de fazer uma pesquisa em Santo André e São Bernardo, e a nossa rejeição chega a 75%. Entreguei a pesquisa para Dilma, em que nós só temos 7% de bom e ótimo”.
Gostei do “nossa”. Gostei do “nós”.
Lula e Dilma são faces da mesma moeda, do mesmo projeto de poder, e têm de cair assim: juntinhos, em volume morto.
Tic-tac, tic-tac, tic-tac…

Felipe Moura Brasil ⎯ http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

segunda-feira, junho 15, 2015

Deve mas não pode

Em resposta à minha própria pergunta na postagem anterior digo que deve mas não pode...
Ditador sudanês desafia ordem de prisão e deixa a África do Sul
No domingo, um tribunal sul-africano havia proibido Omar al-Bashir de sair do país

Pode?



Ao acordar, hoje, ouvi no rádio uma impactante notícia --- a de que Omar al-Bashir, Presidente do Sudão e detido na África do Sul, será extraditado para a Holanda, onde fica o Tribunal Penal Internacional (TPI).
A primeira pergunta que faço a mim mesmo é a que se relaciona com a imunidade diplomática: pode?
A segunda pergunta é: porque jamais foi expedido, pelo mesmo Tribunal, um mandado de prisão para outros personagens que cometeram crimes de guerra e genocídios: Wiranto (General da Indonésia), Ariel Sharon (ex-Primeiro Ministro israelita) e Benjamin Natanyahu (actual Primeiro Ministro israelita)?
Noriega foi preso no seu próprio país (Panamá) pelos americanos. Se bem que por outros crimes que não genocídio. Não havia nenhum mandado de Tribunais Internacionais. 
Fidel Castro ía aos Estados Unidos participar de Sessões da ONU e jamais o incomodaram por lá.
Não sou nem a favor, nem contra e não se trata exactamente de exteriorizar aqui a minha opinião sobre cada caso. Em Kissinger jamais alguém lhe tocou.
Resumo tudo a mais uma pergunta: o que pode e o que não pode e porquê?...

terça-feira, junho 09, 2015

Coreografias (3)

Magno Malta diz que Parada do
Orgulho Gay 'passou dos limites'

senador Magno Malta (PR-ES) disse, em discurso nesta segunda-feira (8), que a Marcha do Orgulho Gay, realizada no domingo, em várias cidades do país, "passou dos limites e semeou a intolerância e o desrespeito à liberdade religiosa", ferindo princípios constitucionais e o Código Penal.
Magno Malta relatou que participaram da marcha homens nus usando cruzes como tapa-sexo, enquanto um travesti preso a uma cruz, com coroa de espinhos e ensanguentado, fazia numa referência a Jesus. O senador disse que houve também escárnio a imagens de Nossa Senhora.
Diante disso, Magno Malta decidiu pedir ao Ministério Público Federal que entre na Justiça, com uma queixa-crime ou peça a abertura de inquérito contra os organizadores do evento que contou, inclusive, com patrocínio da Caixa Econômica Federal e da Petrobras.
- Esse país é cristão. E agora, aqui, eu falo em nome de milhões de cristãos brasileiros, cristãos católicos, espíritas, evangélicos do país inteiro, cobrando uma posição em nome deles . Há uma revolta generalizada com essa atitude nefasta, inescrupulosa e reprovável.Vocês passaram do limite. Não é assim que se faz - disse o senador.
Magno Malta disse que, nos últimos dias, participou da “Marcha para Jesus” em São Paulo, Rio de Janeiro e Manaus, movimento pacífico e ordeiro em defesa da família tradicional, do Brasil e do fim da corrupção.
- Se, nesses eventos, a bandeira do movimento gay tivesse sido queimada ou se tivesse havido patrocínio da Caixa ou da Petrobras, certamente seria um escândalo - disse o senador.


Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Comadres alentejanas

- Sabe, comadre, ontem à noute estive a ver um programa sobre sexo, mas houve algumas expressões que eu não entendi...
- Então diga lá quais foram as suas dúvidas, pode ser que eu a possa ajudar.
- Olhe, não sei o que é... sexo oral!?
- Isso tá-se mesmo a ver o que é: Sexo de hora a hora...
- Então e sexo anal?
- Isso é... sexo de ano a ano.
- E homossexual?
- Oh comadre! Vossemecê não percebe mesmo nada disto. Tá-se mesmo a ver que é um detergente para lavar os tomates!

Economia Portuguesa



Uma exposição de Mariana Mortágua

segunda-feira, junho 08, 2015

Coreografias (2)

Não resisti e recolhi mais imagens da Parada Gay sobre a qual escrevi a crónica de hoje. Isto está a dar muito que falar...










Coreografias

Normalmente quando escrevo uma crónica (normalmente ilustrada), preocupo-me primeiro com a escrita e só depois coloco uma ilustração. Hoje faço-o de modo diferente, contrário, pois vou escrevendo e analisando a foto que já coloquei.
Primeiro que tudo, quero dizer que essa foto foi publicada nas páginas Sociais e eu copiei-a do Facebook. Soube que duas pessoas amigas já a tinham publicado e o Facebook cassou-a, algo que costuma fazer com muita frequência, pois interpreta a coisa com um estranho moralismo e não dá azo a que as pessoas conheçam e discutam esse e outros tipos de comportamento. Assim, guardei esta foto e poderei usá-la como me aprouver. E as pessoas que costumam ver as minhas postagens e o partilhar de outras, serão convidadas a visitar este meu blogue.
Agora vamos ao motivo desta crónica que eu intitulei de "Coreografias" para não ficar a pensar muito nesse ponto.
Recentemente, o Papa Francisco exteriorizou o que se entende ser uma nova postura da Igreja Católica, ao condenar a homofobia. Quase concomitantemente, algumas Igrejas Evangélicas brasileiras adoptaram a mesma postura ao resolverem participar da 19ª Parada do Orgulho Gay, na cidade de São Paulo
Naturalmente que eu não vejo isso como uma mudança de comportamento e antes uma oportunidade de ganhar mais algum dinheiro. A comunidade gay é muito grande mundialmente, tende a crescer (...) e as igrejas viram aí um grande filão para aumentar ou repor as finanças através do pagamento do dízimo e outros proventos.
Numa das muitas interpretações dessa foto, sabendo que os evangélicos não aceitam imagens de Cristo, sabemos que a bicha que está nessa cruz é, se tiver religião, católico...
Não sei que tipo de exibição os evangélicos usaram, mas acredito que se tenham manifestado de forma visível.
Sou ateu, não tenho partido político, não aceito que gay exija tratamento diferenciado e sou contra qualquer benefício atribuído a cada uma das classes referidas... Porém, acho perigoso misturar religião com viadagem...

quarta-feira, junho 03, 2015

Benfica


28 de Fevereiro de 2014
No âmbito dos seus 110 anos, o Benfica inaugurou esta tarde, pelas 15.30, na porta 18 do seu estádio uma estátua de bronze de Béla Guttmann com dois metros. O objetivo simbólico é o de "quebrar" a "maldição" lançada pelo ex-treinador húngaro, que um dia terá dito que sem ele o clube da Luz não voltaria a ganhar uma Taça dos Campeões nem nos 100 anos seguintes.

A cerimónia da inauguração contou com a presença, entre outros, do vice-presidente do Benfica, Rui Gomes da Silva, e do secretário de Estado do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Hungria, Zsolt Németh. Hoje, em entrevista ao DN, o governante húngaro disse que espera ver "dissolvida" a maldição de Béla Guttman contra o Benfica com a inauguração desta estátua. E explicou como surgiu a ideia.
"O Benfica ganhou duas Taças dos Campeões, em 1961 e em 1962, uma contra o Barcelona e outra contra o Real Madrid. Guttman Béla era o treinador nessa altura e quis um aumento de salário. No clube disseram que isso não estava no contrato. Então ele disse, se não me dão vou-me embora, mas amaldiçoo-os: durante 100 anos o Benfica não vai voltar a ganhar a Taça dos Campeões. Passaram 50 anos desde então e o Benfica não ganhou. Foi então que o embaixador da Hungria, Norbert Konkoly, surgiu com uma solução para este problema. Falou dela ao presidente do Benfica [Luís Filipe Vieira] e ele concordou. A solução é colocar uma estátua de bronze enorme, de dois metros, no estádio do Benfica com as duas Taças dos Campeões nas mãos. E depois ele regressa. E, regressando, a maldição desaparece e, desaparecendo, veremos resultados. É esta a história", explicou Zsolt Németh, dizendo que o acontecimento é tão importante para os benfiquistas como para os húngaros.
A estátua é da autoria do escultor húngaro Szatmari Juhos Laszlo e foi feita na Hungria, tendo chegado a Portugal há semanas, no maior dos secretismos, contou ao DN o embaixador Norbert Konkoly.
Responsável pela descoberta de Eusébio, o húngaro que também passou pelo Futebol Clube do Porto treinou o Benfica entre 1959 e 1962. Morreu em 1981 aos 82 anos. Até agora a sua "maldição" perdura. Depois do que terá dito Guttman, o Benfica já foi a mais sete finais europeias e não ganhou em nenhuma (cinco da Taça dos Campeões Europeus, uma da Taça UEFA e uma, no ano passado, da Liga Europa). 

In Diário de Notícias

Fui buscar esta notícia na Internet para, de certo modo, encorpar alguns comentários que tenho feito durante o dia de hoje e referentes à decisão do técnico Jorge Jesus ter trocado o Benfica pelo Sporting.
É certo que, residindo no Brasil, os meus contactos com as lides desportivas portuguesas são desprovidos de conteúdo mais consistente e substancial. Limitam-se a uma ou outra nota saída na Imprensa. Contudo, tenho uma opinião formada a respeito de Jorge Jesus e sou da opinião que ele deveria ter deixado o Benfica há muito tempo; ou demitido pelo Clube. Tenho quase a certeza que o Benfica teria usufruido de outras conquistas que lhe escaparam pelos dedos...
Numa das notas que escrevi numa postagem do Facebook, fiz uma pequena gozação com o facto de ele ter escolhido o maior rival do Benfica e lembrei os velhos tempos de glória dos encarnados quando sob o comando de Bela Guttman.
O Benfica tem a oportunidade de ouro de corrigir alguns erros, pois pode procurar um técnico ao estilo daquele imortal húngaro e acertar a equipa com jogadores menos mercenários.
Com tudo o que está acontecendo na FIFA, quem sabe se muita coisa não mudará radicalmente no desporto mais popular e abra esse caminho.